sexta-feira, julho 30, 2004

"Em playback", parte III

|
No seguimento dos dois posts publicados anteriormente, relativos à temática dos programas matinais da TV portuguesa, venho acrescentar mais um capítulo a essa saga, muito por força dos bons comentários feitos pelos camaradas Zé e Manel, a quem agradeço os reparos. 1. Pelos vistos, estou desactualizado. Ao que parece a Marta Cruz já não pertence ao painel de comentadores do SIC 10 Horas, estando no seu lugar uma loura classificada pelo Zé como um "Santana Lopes com mamas". Ao que também parece, o Melão anda lá pelo programa, mas ao que parece ninguem sabe o que ele lá faz (ele também não deve saber, já que o QI dele não deve nada por aí aém, mas também podemos encarar a sua presença no programa como resposta ao Pe. Borga da Praça da Alegria, cuja presença simplesmente serve de pneu suplente caso não haja "artista" para a última canção). 2. O Manel acusa o Hélder e o gordo que anda a servir às mesas como pertencentes ao lobby gay da TV. Eu já tinha dado a mesma opinião relativamente ao Hélder, agora, não sei como, esqueci-me completamente do Gordo. Eu defendi a irradicação (justa) do Guilherme Leite, mas pior que o Guilherme Leite, é aquele paquiderme munido de avental (deve-se sentir tão realizado...) a servir os convidados e a fazer os esgares mais estúpidos e a protagonizar as danças mais expampanantes (pronto, a Picolé é pior) e escabrosas, quando algum suposto cantor/a vai supostamente cantar. Ainda uma palavra para os figurantes, e isto dá para todos os programas, porquê sempre os mesmos??!! Pronto, a Praça da Alegria tem umas quantas gajas giras, mas os outros programas. Será que Manuel Luis Goucha, além de homossexual, é gerantófilo? 3. Para finalizar, o Manel disse que os programas da tarde são a mesma coisa, as apresentadoras é que são mais giras. É verdade, apesar de já lá não estar a Merche (a única mulher com ombros giros que conheço). À tarde, mudamos de um Hélder para um Malato (histérico e amigo dos emigrantes) e de um Donaldinho para um José Figueiras (embora o Donaldinho tenha mais carisma). Carlos Ribeiro mantém o mesmo do estilo do Goucha, chato mas já não tão abichanado. Uma última pergunta, a partir de um relance do SIC 10 Horas de hoje. Porque é que o Toy existe?

quinta-feira, julho 29, 2004

Ainda o post "Em Playback"

|
Lembrou-me o grande camarada Zé, num comentário que fez ao supra-citado post, de que me esqueci de falar na bichanice que comenta revistas de coração como quem comenta futebol, e do facto de eu não ter rebaixado (no bom sentido) Sónia Araújo. 1.Na verdade, aquele painel de comentadores que podemos ver no SIC 10 Horas (um dos programas que iria revolucionar a grelha da SIC, Francisco Bolsa na Mão dixit) não lembra ao diabo. Para começar, o Cláudio Ramos. Este gajo que diz que não defecou durante o Big Brother Famosos(?) em que participou, provocando o vómito para aliviar a tripa. É algo que uma pessoa normal, faça? Não? Acertaram... Quando Teresa Guilherme juntou-o a Cinha Jardim, podiam ter os dois (ele(?) e Cinha) a distinção de parelha mais inútil da TV portuguesa. Ninguém se lembrou disso, e eu não ocupo nenhuma posição de poder... Depois, do Cláudio Ramos, vem aquele preto compeltamente apaneleirado que dá pelo nome de Daniel. O uso da palavra "apaneleirado" poderá parecer excessivo e de má-fé, mas ao que parece o dito senhor(?) lançou um CD, onde vem na capa querendo parecer o cowboy dos Village People. E tem tanta ou mais irascibilidade que o Cláudio Ramos (para quando uma banca para os dois partilharem no Bulhão?). Para finalizar o painel de comentadores, temos a Marta Cruz. Ora temos aqui um caso engraçado; uma mocinha jovem (19, 20 anos?), que foi brinquedo do brasileiro Roger, que tem um palminho de cara (um bocadito chupada de corpo) e que para grande sorte dela, o pai é uma figura mediática que ficou uma data de tempo preso. Ora a SIC, com remorsos de ter começado a investigação Casa Pia, que levou à prisão do Carlos Cús (não resisti...), deu qualquer coisa para fazer à Marta Cruz, para ela se entreter, agora tão sozinha sem o pai. A rapariga é oca, tenho dito. 2. Sónia Araújo não está assim tão mal como o camarada Zé diz, mas em reflexão a esse comentário, cheguei a uma conclusão: tirando o Jorge Gabriel, todos os apresentadores dos programas da manhã são assitentes sociais camuflados! Já repararam nos carinhos que dão aos velhos, aguentam conversas de espandilose, saudade emigrante (é preciso ser forte para continuar a deixar mandar beijos para o Luciano que está no Luxemburgo e para a Clotilde que está em Colónia...), e ainda promovem a denúncia de negligência médica (não, não é para ganhar audiências...)! 3. Só uma última observação ( e curta, porque o jantar chama-me). Se formos a ver os programas da tarde são a mesma merda que os da manhã... Talvez numa próxima altura, eu os disseque... P.S. - O grande camarada Zé devia entrar na blogosfera. Comecemos um movimento civil para que tal aconteça

O Poeta-Deputado

|
Ainda não me tinha pronunciado sobre a candidatura do poeta-deputado Manuel Alegre à liderança do PS, aqui neste vosso humilde blog. O que me ocorre é o seguinte: ninguém na ala esquerda do PS tem tomates (ou ovários, dependendo do caso, claro). Então quem bata com o punho na mesa para se arranjar uma solução, é o decano desse grupo. Sem tirar mérito a Alegre, ele seria o candidato menos provável, visto a sua idade já não permitir grandes vôos. Porque é que não avançou um Santos Silva ou mesmo o Paulo Pedroso? Alegre vale muito mais que Sócrates (já agora, os gajos não se curtem muito por causa da co-incineração, quando Sócrates queria por uma incineradora ao pé da Coimbra de Alegre), mas a liderança do PS será sempre enfraquecida, ou pela veterania de Alegre ou pela ocasidade do Sócrates (o João Soares só com muito dinheiro dos diamantes é que chega a presidente do PS...) P.S. (até parece de propósito...) - O Manuel Alegre tem uma desvantagem. Aquele monte de laca que dá pelo nome de Maria de Belém apoia-o...

Foice e Martelo?

|
Hoje de manhã, em discussão com uma colega minha, cheguei a este pensamento. Como é que os partidos coumistas são a vanguarda da classe trabalhadora, se ainda utilizam os instrumentos da era pré-industrial como símbolo? Esses partidos merecem-me as mais elevadas estimas e considerações, mas se calhar o símbolo é um bocado a dar para o contra-senso, não?   P.S.- Zé, Manel, Sofia e restantes, isto foi só uma pequena alembradura, nada mais, não se preocupem!... 

Adeus ò Pasta!

|
Pelo menos deverá ser este o sentimento dos caceteiros (desculpa Manel, por utilizar uma expressão tua) dos CDS's, agora que estão a ver que o que não ardeu o ano passado, está a ser consumido pelas chamas este ano. Assim, os clientes do Nobre Guedes poderão comprar as árvores a um preço mais barato para a sua "nada" poluidora indústria da pasta de papel, o governo poupa em não aceitar a ajuda de meios de combate aéreos aos incêndios , por parte de membros da UE, parcialmente pagos (por uma causa justa, não?), e quando chegar Setembro, o ministério do Ambiente já não terá com que se preocupar, pelos menos a nível de florestas. Algo me diz que o passo seguinte será a nossa costa e em conjugação com o ministro dos assuntos do mar (que é gay ou do CDS, ou então é tudo a mesma coisa...) também vizinho do ministro do ambiente, acho que vamos começar a atrair primos do Prestige para a nossa costa. Mas não se preocupem, lá por Janeiro-Fevereiro de 2005, já podemos fazer poupança na despesa pública pois o Ministério do Ambiente já não vai ter razão de existir...

Grosser Preis von Deutschland

|
Sem nenhuma surpresa, Michael Schumacher ganhou o seu GP natal, seguido de Button e Alonso. Tive uma pena do caraças do facto do Button ter sido atrasado 10 lugares na grelha. Com a corrida que ele fez podia muito bem ter conquistado a sua primeira vitória (e fazer a suave desfeita de bater o Schumacher em casa...). À parte disso, é bom ver que para o ano o campeonato há-de ser giro a nível de condutores, com os line-ups das equipas "grandes" a serem mais coerentes com os seus estatutos. Ralf Schumacher vai para uma equipa mais ao seu nível e dá lugar a um dos melhores pilotos da F1 actual, o aussie Mark Webber. Note-se que o arrogante Montoya vai para a arrogante Mclaren (bem feito) e "Fisico" vai finalmente ganhar uma chance ao mais alto nível, ao substituir o seu compatriota Trulli na Renault. Para isto ficar tudo bem feito, Trulli deveria seguir para o segundo Williams e não para a Toyota, mas outros valores (teutónicos...) poderão falar mais alto...

MALDITA SEJA A INFORMÁTICA

|
Devido ao raio do meu computador estar "incompatibilizado" com a corrente eléctrica da minha casa, peço desde já milhentas desculpas aos meus estimados leitores ( e sei que são milhões deles no espaço da lusofonia; grande tanga), por não conseguir manter uma série de posts actualizados com o que se vai passando à volta deste mundo. Obrigado.

sexta-feira, julho 23, 2004

As guitarras agora tangem de tristeza

|
Morreu esta madrugada o mestre Carlos Paredes, mago da guitarra portuguesa. Com a sua morte, o país perde um dos seus filhos mais ilustres, retando-nos acorrer às lojas de discos para conseguirmos arranjar testemunho da arte musical, numa das suas formas mais portuguesas e sentidas. Esperemos que nesta altura, esteja com o seu pai (outro "monstro" da guitarra portuguesa, Artur Paredes) a acompanhar Alfredo Marceneiro e Amália Rodrigues numa nuvem por cima do Café Luso, ou a alumiar o caminho de alguma caravela perdido no limbo da memória

5 músicas para sacar (especial Neil Young)

|
Heart of Gold/Cowgirl in the sand/Albuquerque/Harvest moon/Cortez the Killer

A kizomabada do passaporte

|
O menino-de-ouro (por polir) do SL Benfica, Pedro Mantorras, foi esta madrugada retido pelo SEF no aeroporto da Portela, quando o clube voltava do seu violento estágio, alegadamente por irregularidades no passaporte. Pelas imagens que mostraram do dito passaporte, Mantorras tem pelo menos 32 anos de idade (mostrou 1972 como ano de nascimento), ou seja, como bom jogador africano, tem mais uns quantos anos em cima das costas do que o normal. Porque é que aquela perna tem dificuldades em sarar? Se van Basten fosse angolano, talvez tivesse voltado a jogar... 

quinta-feira, julho 22, 2004

Viva a Lagartagem!

|
Viram as imagens do jogo entre o Sporting e o Bolton? Que grande defesa a do Sporting! Que fairplay que os gajos têm, pá. A maneira como eles deixaram o Bolton marcar merecia uma menção honrosa por parte da FIFA... Por este andar, o José Peseiro vai mudar o nome para Zé Pézudo... 

quarta-feira, julho 21, 2004

Está-se a perder o carisma no "Ultramar"

|
Muitas vezes, quando tentamos decidir o nosso sentido de voto, vem-nos à cabeça o cabeça-de-lista e não o partido. Ou seja, muitas vezes (eu, até nem por isso) guiamo-nos pelo carisma pessoal daqueles que supostamente vão liderar um conjunto. Muitas vezes esse carisma continua na cadeira do poder, variando de um estilo "democrático à ocidente" tipo Mário Soares (tirando os retornados, no fundo todos gostamos do velho "Bochechas") para o estilo "democrático à 3ºMundo", cujo apogeu foi o impagável Idi Amin do Uganda. Vem este post para publicação porque ontem lembrei-me: o Xanana não tem aparecido muito. O que é pena, porque o Xanana é daqueles indivíduos que exalam carisma de qualquer modo. Eu pessoalmente gosto muito quando lhe dá para levar a máquina fotográfica para as ocasiões mais especiais e protocolares e desata a fotografar. Quem é que não gosta daquele português que ele fala com aquela dicção obstipada? E do pormenor do boné do Benfica, quando ele ganhou um torneio de futebol em Sipinang, quando estava preso? Fora estes aspectos caricatos, também temo-nos que lembrar de toda a luta que desenvolveu pela causa maubere. Se observar-mos vemos que os "cromos" das nossas ex-colónias estão a perder-se. Amílcar Cabral morreu ainda antes da independência da Guiné-Bissau, Nino Vieira está exilado (era um corrupto inspirado em Sekou Touré, outro grande líder carismático...), Ansumane Mané foi abatido porque sabia demais, Kumba Ia'lá foi erradicado do poder por nunca tirar o já mítico barrete vermelho e de ser do Benfica (fora o facto de ser um desmandado na cadeira do poder...), Samora Machel, depois de ir cagar a um saxofone na mítica visita que fez ao Eanes (anedotário português) e de ter dado cabo da estrutura tribal moçambicana com o que era realmente um socialismo utópico, morreu numa queda de avião apoiada pelos cabrões da África da Sul, o Stanley Ho não gosta de dar nas vistas e o Miguel Trovoada (também conhecido como o homem com casaco e sem camisa) já se deixou do poder em S. Tomé. Enfim, a caderneta de cromos estar a perder valor...   P.S. - O Alberto João, o Mota Amaral e o Pinto da Costa não contam P.S. 2 - Bem, bem vistas as coisas, aquilo na Guiné-Bissau é uma rebaldaria...

terça-feira, julho 20, 2004

5 músicas para sacar (especial Morrissey)

|
Suedehead I know it's gonna happen someday The last of the gang to die November spawned a monster Margaret on a Guillotine  

We want Moz!

|
É frustrante, pá. Hoje em dia, até o entrouxo da Britney Spears tocou (?) em Portugal, os Placebo parecem uma banda local, e não há meio do Morrissey agendar um concertozito para vir promover o album novo. E já agora o Neil Young podia vir cá outra vez também...

segunda-feira, julho 19, 2004

Já abriu!

|
Com um título destes não-me estou a referir a nenhuma abertura de uma nova loja de um qualquer grupo multinacional. É só para dizer que já começou a participação num espaço bloguístico da net, o www.algarveindependente.blogspot.com. Passem por lá. Não é tão bom quanto este, mas os gajos que lá escrevem esforçam-se...   P.S. - Já agora, visitem também o www.quasefamosos.blogspot.com. Mais para quem gosta de música.  

O palácio de S.bento está cada vez mais inclinado à direita

|
Tomou posse no sábado, o ilegítimo XVi governo constitucional deste país à beira-mar espatarrado, que acode aos fundos comunitários pelo nome de Portugal. Eu sei que sou um Zé-ninguém para avaliar estas coisas, mas: 1º - Santana Lopes é o animal mais pedante que anda à face da Terra, e a sua ocacidade (se é que tal palavra existe...), e isso notou-se no discurso de posse, onde não disse nada que se aproveitasse, e das palavras que murmourou, metade gaguejou...; 2º - O CDS saiu reforçado, com o Lampião Félix a passar para as finanças, o Portas a manter o estatuto de ministro de Estado e da defesa, passando o braço-direito (Nobre Guedes) e o vencedor do prémio "Eu quero ser como o Paulo Portas" (Telmo Correia) a exercerem os cargos de ministros; 3º - Em cargos que em mãos dos CDS's são um perigo (veja-se a questão dos submarinos e dos helicópteros, as finanças nas mãos de um beato ex-gestor da banca e o ambiente nas mãos de um representante do parido dos industriais). Mas se isto tudo der merda, podemos sempre dizer que metade da culpa é do Jójó Sampaio. Não se esqueçam que este governo é ilegítimo, não és resultado de sufrágio...

sexta-feira, julho 16, 2004

O Til de Portimão

|
Deparou-se-me ontem uma nova publicação editada no meu concelho de Portimão. Dá pelo nome originalo-pomposo de Til de Portimão e no fundo é um pasquim humorístico. O Til de Portimão, na realidade, é o herdeiro de um semanário humorístico que existiu também em Portimão na década de 80, a "Crónica do Algarve", jornal esse que dava como hipóteses, a Atlântida ter sido no Algarve ou de ter havido uma batalha viking no rio Arade. No fundo o que este Til de Portimão nos trazer é só barulho, lixo redactorial (aquela escrita está há 30 anos parada no tempo) e tem metade do corpo editorial da Crónica do Algarve... É que quase não nenhum artigo de história que se aproveite (e essa é a maior área da revista). Junte-se a isto, o facto do Til de Portimão lançar também, em fascículos, uma Enciclopédia de Portimão, onde, justiça seja feita, as entradas relativas à natureza e aos vocábulos locais aproveitam-se. Mas o melhor (cómico) da enciclopédia é incluir aquelas ilustrações do director de facto da revista, cujo traço não evolui há que anos, e que parte pura e simplesmente da mera suposição de como a personagem em questão seria. Mas a melhor de todas na Enciclopédia é o facto do director de jure da revista (e filho do director de facto...) ser considerado uma das personalidades ilustres do concelho. Com o devido respeito que me merece, eu nunca tinha ouvido falar nele...

quinta-feira, julho 15, 2004

Em playback!...

|
Hoje, quando cheguei a casa na hora do almoço, sentei-me à mesa para tomar a minha refeição. E, como sempre, a TV estava ligada, desta vez na RTP 1 (se estivesse noutro canal, eu mudaria para a RTP 1). Dos programas da manhã da TV portuguesa, a "Praça da Alegria" ainda é aquele que eu consigo aturar melhor (sim, porque ver a Fátima Lopes com um ventríloquo que abre metade da boca quando põe o Donald (original, não?) a "falar", ou então o Goucha (ou como se diz no Algarve, o Xôxa) com a sua astróloga frustrada e carente, não dá com nada). Ainda assim, o Guilherme Leite (para quando uma Al-Qaeda contra malta que pensa que tem piada, cá em Portugal?), o maestro e o baixista da banda (tal é a bandalheira na RTP que agora deixam o maestro cantar no programa...), o gordo com sorriso de parvo que anda a servir os convidados, a Picolé sempre a repetir o raio dos mesmos trejeitos, o Hélder e as suas reportagens de exteriores onde dá largas às suas costelas gay e católicas e ainda esse pneu careca da TV portuguesa que é o Menino(sic) Tonecas. Ainda se salvam a Sónia Araújo (que ainda assim às vezes dá ares de pin-up oca e flat...)e o Jorge Gabriel. A selecção de convidados musicais do programa já foi melhor, mas já que grand parte do público-alvo do programa são os emigrantes portugueses, então está tudo explicado... Vem esta última frase para dar a alfinetada principal deste post; hoje o convidado (no caso, convidada) foi a brasileira Ivete Sangallo (uma espécie de Daniela Mercury). A Srta. deu um concerto no Rock-in-Lisboa (não me venha com a história do Rio) e é cabeça de cartaz em qualquer festa de localidades portuguesas com mais de 30.000 habitantes (cálculo por alto), vindo inclusivamente a Portimão no "meu querido" mês de Agsoto para a festa da Sardinha. Para este programa, como qualquer artista que não se quer esforçar muito, a srta. recorreu ao playback. Até aqui paciência, já vamos estando habituados a essa práctica, mas é que, ..., caraças, ..., ela foi burra ao ponto de: 1º, para playback usou uma gravação ao vivo, 2º, nessa gravação ao vivo ela primeiro incentiva o público, enquanto na "Praça" estava de boca fechada a bater palmas, 3º, na mímica que estava a fazer com o microfone (algo fellatiana...) a voz nunca se alterava; 4º, sendo brasileira, tinha que se andar a bambolear além de "cantar", e posto isto, põe-se a bater na boca (estilo índio a fazer uga-buga...), claro a voz também não se alterou; 5º, e por último, ela própria deve-se ter dado conta disso, e a meio da canção, foi para uma das arcadas do set, de costas para a câmara, dançando com um casal de idosos que tinham muito mais ritmo que ela. Agora eu pergunto-me, caro leitor deste blog, se por acaso concordares comigo, juntas-te a mim no boicote a estes artistas que perpetuam o desgraçado do playback?... Não iremos aos concertos deles, não compraremos os cd's deles, mudaremos o canal da TV quando eles aparecerem!!

quarta-feira, julho 14, 2004

5 músicas para sacar

|
Led Zeppelin - Achilles last stand, Ladytron - Playgirl, Vive la Fête - Nuit Blanche, Lou Reed - Lady Day, Throwing Muses - honeychain

The Beautiful People

|
O país caminha para a era do oco (vazio é uma palavra muito utilizada nestas ocasiões...). Além de termos agora um primeiro-ministro que está mais preocupado na quantidade de gel que põe nos parcos cabelos, do que no que se passa à sua volta, vamos ter um líder da oposição cujo sonho era ser como o primeiro-ministro. Sim, porque nem o Lamego, nem o Johnny Soares, vão ganhar ao Sòcrates nas eleições para a liderança do PS. Porque é que nos fizeste isto, Vitorino?...

terça-feira, julho 13, 2004

Esperança renasce!

|
Acabam-me de dizer que o Salgueiros não irá disputar a Liga de Honra devido à falta de graveto, significando isso a readmissão do Portimonense no campeonato. Esperemos que tal se confirme. Empresários portimonenses, uni-vos! P.s. - Toma lá Avelino!...

O mundo tá do avesso

|
Irra, tenho que começar a prestar atenção aos noticiários. Então não é que há pouco, assim do nada, dizem-me que o João "Mergulho" Pinto voltou ao Boavista e o Furão Baboso disse que não era de direita e era contra a guerra do Iraque. Agora eu pergunto, quem está a ver coisas, eu ou a imprensa?

5 Músicas para sacar

|
Stone Roses - I wanna be adored, Nirvana - All apollogies, REM - Radio free Europe, Sonic Youth - Hey Joni, Pearl Jam - I got ID

Compra de um carrasco

|
À hora que escrevo este post, se calhar já confirmaram a vinda de Daniele Adani para o Benfica. No fundo, se em equipa que ganha não se mexe, quando essa mesma equipa perde, vai-se buscar alguém da equipa responsável pela derrota (se calhar o Porto já previa qualquer coisa quando comprou o Seitaridis, para mim o melhor jogador grwgo do Euro2004)... P.S. - O Trapattoni disse que ia falar com o Tiago. Esperemos que não tenha falado antes com o Veiga...

Stress Pós-Almoço

|
Já repararam que a produtividade laboral pós-almoço corre sempre o risco de ser mais diminuta que a matinal? Devia ser instituída a sesta ou então dar férias a toda a malta no verão. Sim, porque além do refastelamento que a comida proporciona a todo o corpo, junte-se também o calor para a ajudar à (in)acção laboral.

5 Músicas para sacar

|
Black Sabbath - Iron Man, Caravan - In the land of grey and pink, David Bowie - Moonage Daydream, Deep Purple - Child in time, Echo & the Bummymen - the killing moon

Santana Superstar

|
Tanto populismo até irrita. Agora o Homem do Gel prometeu o ministério da agricultura em Santarém e a Secretaria de Estado do Turismo em Faro. Além de dar graxa à malta dessas terras, será que ele conseguirá também reformar os ministérios internamente de forma a se tornarem mais activos (a agricultura definha em Portugal, e só Lisboa, Porto e Algarve é que são promovidos lá fora)? Junte-se a isto, o NoTunnelman ainda prometeu reduzir as secretarias de Estado e aumentar os ministérios. Ou seja, a lógica faz-nos pensar que o dinheiro a gastar em salários será o mesmo, e as decisões serão tomadas de uma forma mais arriscada, visto perder-se o sentido colegial de informação interna. Mais comentários quando for divulgada a equipa governamental.

domingo, julho 11, 2004

Apologias

|
Peço desculpa pela ortografia, mas eu tenho a irritante mania de escrever "à bruta" e de não reler os textos...

|
Quero começar a dar aulas de história de automibilismo, múscica popular (vulgo pop/rock)e cinema neste blog, só que ainda não descobri como é que coloco imagens no post. Aceitam-se comentários ajudando a resolver esta situação.

|
5 Músicas para sacar B-52's - Rock Lobster, Blasted Mechanism - Atom Bride Theme Love - Alone Again Or The Who - Baba o'RIley Byrds - Eight Miles High

|
5 Músicas para sacar B-52's - Rock Lobster, Blasted Mechanism - Atom Bride Theme Love - Alone Again Or The Who - Baba o'RIley Byrds - Eight Miles High

|
Surpresa... Ok, como esperado Schumacher ganhou mais uma vez. Mas temos que admitir que o despiste do Trulli ainda nos fez pensar se seria possível outro resultado, nomeadamente a vitória do Kimi Raikkonen (o que seria uma recuperação de 180º para a Mclaren, ficaram-se pelos 90º...). Para mim o herói da corrida até nem foi o Schumacher, mas sim o Fisichella, que, com uma grande ajuda da sua equipa, acabou 14 posições acima da sua presença na grelha de partida. Agora que se fala tanto no line-up da Williams para o próximo ano, Fisichella veio reforçar a sua posição de candidato ao segundo carro (partindo do princípio de que Mark Webber está praticamente certo). Eu, pessoalmente, acho que a Williams deveria apostar neste alinhamento. Mas quem sou eu...

|
Hoje, ao fim de algum tempo, vou ver um grande Prémio inteiro. E nada melhor que um histórico como o GP de Inglaterra para fazer o regresso. Agora expectativas em relação ao resultado, isso não tenho muitas, apesar da pole-position surpresa do Raikkonen. Mesmo jogando em casa de metade do pelotão da F1, será a Ferrari (logo, M Schumacher) a ganhar a prova. Mas espero-me que me engane, e seja a Renault ou a BAR a ganhar...

|
5 Músicas para sacar AC/DC - High Voltage, Air - La voyage de penelope, Bauhaus - In the flat field, Beatles - A day in life, Cranberries - Zombie

sábado, julho 10, 2004

|
O Ano da Morte de toda a Malta Depois da notícia desta manhã que dava conta que a Milú Pintassilgo tinha morrido esta madrugada, cheguei à conclusão que este é um ano em grande para os escritores de necrologia. É que além deste ícone do femininismo português, foi-se o Sousa Franco, o camarada Lino, o Ray Charles, o Marlon Brando, o Ronald Reagan, o Nino Manfredi, a Menina do Mar e o Henrique Mendes. Se o pessoal decidisse fosse todo parar ao Panteão, aquilo enchia num instante...

sexta-feira, julho 09, 2004

|
Outra coisa semi-trágica disto tudo é o facto do dono do Gastão ter-se demitido. De certa forma , temos que concordar com o senhor: passou o ano inteiro com o braço direito preso (salvo seja), perdeu momentaneamente o Gastão, acusaram-no de andar a enrabar meninos, morre-lhe o cabeça-de-lista para as europeias, cromos internos proclamam-se candidatos à presidencia do partido, e ele para responder a isto tudo, consegue sair vencedor das eleições europeias (o sentimentalismo das donas-de-casa portuguesas para com a morte de Sousa Franco ajudou um pouco). É natural que o homem se sentisse lixado com o que o Sampaio (amigo dele há 35 anos...) lhe fez. Esperemos ao menos que seja o Vitorino a ocupar o posto de Secretário-Geral...

|
Morreu ontem, vítima de cancro, o apresentador e actor Henrique Mendes. Menos um representante do PortuguêsSuave P.s. - Sabem o que é que S.Pedro disse ao Henrique Mendes quando este chegou ao paraíso? "Um abraço neste ponto de encontro..." P.s.2 - O meu humor negro supera-me...

quinta-feira, julho 08, 2004

|
Livro actualmente em uso: O Último Cabalista de Lisboa, de Richard L. Zimmler, edição do Círculo de Leitores

|
E agora em jeito de suplemento desportivo, espero que o Benfica o (suposto) pouco dinheiro que tem só em centrais e trincos. É que com o sr. Trapattoni corremos esse risco. Mas para ser sincero, o meu medo vai mais para o facto de ser o eixo Alverca-Freixo de Espada à Cinta (ou como quem diz Vieira-Veiga) nãi lixe aquilo em benefício de custos próprios e comissões (por esta altura ainda não sei qual é o reforço surpresa, o meu irmão há bocado, a gozar, dizia que era o Jardel...). Vai-se perder o Tiago graças a esse mesmo eixo. Mas nem tudo é mau. Eles querem vender o Moreira, mas ao menos já se acautelaram e compraram o Yannick e o Quim, dois excelentes "porteros". Havia já más-línguas que diziam que viria ainda o Khan (sim, este foi mesmo falado), o Barthez e o Cañizares... Pelos lados da F1, depois da grande mostra que foi a circulação de F1's no centro de Londres (onde participou o impagável Nigel Mansell), houve a confirmação de um dos segredos mais mal guardados da presente temporada: Ralf Schumacher irá conduzir para a Toyota nos próximos 3 anos. Foi a solução que a Toyota achou para tentar ser mais competitiva. Pessoalmente, acho que se eles têm ido atrás do Trulli e do Fisichella, teriam poupado uns ienes de salário e garantiam alguém tão bom ou melhor que o Schumacher mais novo. Veja-se só a época que os dois estão a fazer.

|
Graças a mais uma brilhante avaria da minha peça de museu (pentium II a 350 até ontem), não me foi possível começar a entrar num ritmo de escrita contínua neste blog. Mas também, entretanto, o presidente ainda não decidiu o que quer da vida. Por este andar, qualquer dia recebo uma carta registada para ir a Belém tomar um cafézinho com o presidente e dar-lhe a minha opinião sobre o assunto (já faltou mais). Eu deixo logo aqui o meu conselho, Jójó pá, não vale a pena pores o gajo do gel como nosso primeiro. Esse gajo costuma prometer festa em todas as câmaras que dirige, mas como nós ainda estamos algo imbuídos da festa que foi o euro2004, e estamos tesos como um carapau (é uma expressão esquisita, admito) não vale a pena entrarmos em despesas... Algo contra-natura (em caso de eleições antecipadas, e em caso do vencedores serem os do Rato) seria uma hipotética aliança entre o Berloque e o PS, já que o Berloque assume-se como o partido da diferença e vai-se logo coligar com um dos partidos do centrão!Enfim, o que não faz a sede de poder...

segunda-feira, julho 05, 2004

|
Mais uma tentativa de por o blog a funcionar continuamente. Segue um dia a seguir à final do Euro2004 entre as antigas caudas do pelotão da integração europeia. Esta final serviu sobretudo para Portugal e Grécia afirmarem que ainda existem, apesar da sua substituição no final dos rankings da UE pelos novos primos do leste. E convém lembrar caros leitores que a culpa da derrota da selecção ontem à noite foi do governo (pelo menos a ver se é desta maneira que se consegue o raio das eleições antecipadas). Por falar em eleições antecipadas, parece que estamos a voltar ao tempo dos grandes congressos de países monopartidários onde de discutia quem iria mandar no partido, e por conseguinte no país. Já viram: Santana Lopes = Estaline, Salazar, Pinochet, Zé E. dos Santos, Pol Pot, entre outros cromos, que apesar das semelhanças não têm gel na cabeça. Até um direita consagrado como o Freitas do Amaral classificou o que se passar como uma partidocracia, e não uma democracia

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com