sexta-feira, setembro 30, 2005

The dark of the Matinée

|
Camaradas leitores, quem estiver por Portimão no domingo, aproveite para ir ao Pé de Vento (Praia da Rocha) a partir das 16.00, onde irá tocar uma das mais promissoras bandas portimonenses, os Vertigo. Mas o melhor será um set de DJ deste vosso iluminador de vidas (devo começar por volta de umas 17.15). Apareçam!!

segunda-feira, setembro 26, 2005

Post algo atrasado

|
Ainda não me tinha pronunciado neste espaço, sobre a candidatura de Manuel Alegre à Presidência da República. Não é que tivesse de dizer alguma coisa, ou que a minha opinião seja fundamental, mas ainda assim não me coibo de a dar...
Confesso que a minha intenção de voto presidencial era na direcção do Jerónimo. Mas a candidatura do deputado-metalúrgico soa-me a algo de provisório, já que foi criada para apoio à luta anti-Cavaco (nem pensar que é para apoiar Soares) e para picar o BE, resultando na desistência do maior dançarino dos bailes do Vitória de Setúbal à boca das urnas. Mas caso ele desista, antes votar Garcia Pereira que no Soares ou no Cavaco (não sou um anti-cavaquista demasiado radical).

Mas agora com Manuel Alegre, o caso muda de figura. Cavaco faz o habitual teatro do tabu, armando-se em prima donna, enquanto que Soares quer voltar ao protagonismo de dias passados. Como Alegre é persona non grata da actual gerência dos socialistas, e estes, temerosos pelo algum dano que tal candidatura pudesse representar à sua imagem, decidiram ir pela hipótese mais "segura" do "Bochechas".

Alegre, de todos os candidatos, e excluindo os residuais Garcia Pereira e Carmelinda, é o único que nunca teve pejo em admitir que se queria candidatar ao mais alto cargo da nação. Não foi tímido nessa questão. Como disse o Chico, o poeta-deputado é um dos últimos homens de esquerda dentro do PS, é alguém firme nos seus princípios, menos maquiavélico que Soares (Alegre nunca seria capaz de meter o socialismo na "gaveta", e esteve sempre aberto a alianças com o PCP) e deverá ir até ao fim. E se não for, irá ser um sinal de fidelidade a um PS que não o quer.

Moral da história: Mesmo que o Jerónimo vá até ao fim, voto no Alegre.

Será que em Portugal não haveria espaço para um partido como o "Linke" alemão?


Chover no molhado

|
Jorge Jesus novo técnico da União de Leiria - confirma Bartolomeu.

sexta-feira, setembro 23, 2005

É muito adequado, sim senhor...

|
Bruno Paixão nomeado para o Europeu feminino de sub-19

Adequado, tendo em conta o historial do rapaz, ele, que supostam,ente andou a mostrar as partes privadas a mulheres (da polícia, sic) dentro do gabinete do árbitro, sendo depois objecto de queixa por parte da senhora ofendida... O que nos faz pensar: então se as rapariguinahs protestarem as decisões deste senhor árbitro, ele, para calá-las, vai baixar os calções?...


Hoje é dia de S. Link

|
Bem, hoje estou numa de divulgação. Para começar, dois blogs de camaradas locais. Este vai agora começar estudos na Universidade de Coimbra. Este acabou de sair de lá. Ambos (muito)recomendáveis.

A outra nota é para um site francês excelente! Descoberto por portas travessas (uma delas foram estes moços), cheguei ao Radio.Blog.Club. E desde então não tenho saído de lá! Aquilo tem lá tanta coisa para conhecer, que uma pessoa não sabe por onde se virar. De entr os muitos artistas lá presentes, pode-se citar Neil Young, Belle & Sebastian, Maximo Park, Arcade Fire, Teenage Fanclub, The Tears, Beck, Moby, Oneida, Sleater-Kinney, Coco Rosie, Bloc Party, The Kills, Rory Gallagher, Fairport Convention, NIrvana, entre montes de outras coisas mais, para todos os gostos e feitios! Aproveitem!


quinta-feira, setembro 22, 2005

As coisas que um gajo descobre

|
Depois de João Soares, vejam lá quem também tem uma página na net.

1+1=2

|
Na conferencia de imprensa que deu ontem, Fátima Felgueiras disse que continuava socialista, quiçá até mais socialista do que alguns detentores do cartão do partido "rosa".
Em 1977, Carmelinda Pereira é expulsa por Mário Soares do PS, muito provavelmente por ser demasiado de esquerda (não esquecer que esta é a fase do "socialismo na gaveta" do Bochechas), e virá a fundar pouco tempo depois o Partido Operário de Unidade Socialista (POUS).
Moral da história: Irá Fátima Felgueiras aderir ao POUS?

quarta-feira, setembro 21, 2005

Cada vez mais real!!!!

|
O melhor projecto que o Algarve já conheceu!

segunda-feira, setembro 19, 2005

O Lìder saúda

|
(Vá lá que estas moças me lembraram)

Parabéns a uma das neófitas da Seita, pelo aniversário que cumpre hoje. Põe a caneta e o gravador de lado e vai celebrar!

O Líder

Non-sense is Internet's middle name

|
Dêem uma olhada a isto.

Domingo, dia de futebol (pelo menos ontem)

|

Se não tem sido a notícia da morte de Michael Park, no decorrer do Rali de Gales, ontem teria sido um dia altamente proveitoso a nível desportivo.

Para começar, fui ver o jogo do Portimonense (algo que não fazia há quase dez épocas). O adversário era o Barreirense (curiosamente o último adversário que tinha visto...). O estádio, pelo menos na bancada central, estava composto, havia políticos em campanha para as autárquicas, e deu para observar uns pormenores giros:

Depois, ao fim da tarde, o Benfica deu-me outra alegria, com a vitória por 4-0 sobre uma das equipas mais irritantes da SuperLiga, a União de Leiria. Tal não foi a fartura, que até a Amélia fez um hat-trick! E também chegamos à conclusão que para além da Amélia e da Merche aka João Pereira (obrigado Chico), temos também a Carlota (Nuno Assis) e a Nayma (as tranças do Nélson). Só é pena o Koeman não colocar a Olga (aka Karyaka) a jogar. Mas também não espero muito da cabecinha do Koeman, logo também não me espanto...


Pelo menos morreu a fazer algo de que gostava

|
Michael Park, 1966-2005

sábado, setembro 17, 2005

O que se aprende nos filmes

|
O equivalente americano ao portuguesíssimo "pá", é "you know".

Compras em Lisboa II

|
Esqueci-me de mencionar este.

quarta-feira, setembro 14, 2005

Os palhaços (literalmente)

|
Ainda no rescaldo da viagem a Lisboa, dei por mim a matutar sobre uma conversa que mantive com o camarada Chico sobre palhaços. Não toda a classe política portuguesa, nada sobre Luis Campos, Dias da Cunha, Ricardo Quaresma ou outros cromos da bola protugueses, mas sim aqueles senhores (e senhoras) que usam muita maquilhagem branca e constantemente metem uma bola vermelha na ponta do nariz.
É engraçado de que com a idade vamos perdendo o gosto pelas palhaçadas dos palhaços. Se formos agora ao circo, reparamos que os seus números são tal e qual como os dos Batanetes, i.e., uma criancinha já não achará tanta piada, pois já viu uma coisa parecida na TV.
O descrédito de que a classe palhaçal é vítima, aumenta consoante as pessoas ficam mais velhas, e decidem etiquetar outros membros da sociedade, proeminentes ou não, com o epíteto de "palhaço". Isto tanto pode acontecer a um taxista que provocou uma manobra mais audaciosa, um árbitro que terá tomado uma decisão mais dúbia ou um condutor que deixou passar alguém numa passadeira.
A produção artística audiovisual também não ajuda nem um pouco. Todas as produções de Hollywood, nos últimos 20 anos, têm apresentado os palhaços como indivíduos bêbados ou psicopatas (para bom exemplo, o palhaço Krusty, dos Simpsons), o que faz com que se torne preocupante uma criança pedir para aos pais para ir ao circo e ir "ver os palhaços"...
No nosso rectângulo à beira-mar escarrapachado, temos alguns palhaços que alcançaram algum protagonismo público. Eles são os seguintes:

terça-feira, setembro 13, 2005

A enésima tentativa de descredibilizar a Praça da Alegria

|
O Hélder anda a pôr os palitos na Picolé, com a ajuda do padre Borga!

segunda-feira, setembro 12, 2005

Alto e pára o baile! Temos novos membros

|
Como ilustre Líder supremo da Cooperativa Bloguística "Opinião Unida" (aka Seita), nomeio como membros da supracitada, as ilustres Inês e Carolina. Sim, pensariam elas que o jantar do último sábado seria uma mera confraternização de malta que nunca se tinha visto in the flesh antes. Mas não, era uma cerimónia de teste. E elas passaram-no.

Eu, o Líder, vos saúdo nesta hora de júbilo para vocês!


Compras em Lisboa

|
Os dois primeiros foram resultado de uma oferenda do camarada Zé (esse blogger auto-adiado), ao qual já estou bastante agradecido, por me ter dado a conhecer os Sparks. Junte-se a estas compras, uma bolsa para a novel máquina fotográfica.

Foi muito dinheiro que saiu da carteira (então com almoços e jantares metidos ao meio!), mas fiquei mutio feliz! É verdade, no que diz respeito a livros, musica e cinema, sou um verdadeiro porco materialista!!!


quinta-feira, setembro 08, 2005

O meu top-model favorito

|

O que normalemnte acontece aos coelhos do campo.

|
Tomando de inspiração este dois posts que Nokas escreveu sobre as suas aventuras e desventuras com um coelho de seu nome Abílio (sic) na sua casa, pensei: "e se partilhasse a única história decente que tenho com coelhos?".
Pois bem. Há já alguns anos atrás (prá aí uns 12), ofereceram um coelho ao meu pai, e ele trouxe-o cá para casa. Bem, não para dentro de casa, mas para a rua, onde fez até uma pequena casota com restos de caixas de fruta (daquelas de madeira, quando ainda eram grossas). Eu e o meu irmão curtimos bué o coelho, mas, como eu já desconfiava do fim que ele ia levar, não me deixei entusiasmar tanto como o meu irmão. Apesar disso, ainda colaborei no roubo de cenouras do frigorífico para dar ao coelho (nós baptizamo-lo, mas eu não me lembro do nome), o que provocou uma certa revolta materna, mais a mais, quando o bicho tinha couves e forragens a la gardé.
Só que há uma manhã em que acordamos, e quando vamos ver a casota, ela estava toda desmanchada no chão e do coelho nada. O meu pai "culpou" o cão da minha avó, o Snoopy (ou como dizia a minha avó, na boa tradição das avós, o Snoope) por ter mandado a casota abaixo, o que deu para convencer o meu irmão. Claro que eu soube que, poucos dias depois, tínhamos tido coelho pelo jantar...
No campo, os animais não se criam para serem fofinhos... ;)

Kitsch parade auto (com alguma saudade à mistura)

|

quarta-feira, setembro 07, 2005

For ol'times sake

|

Kitsch parade

|

segunda-feira, setembro 05, 2005

Computers rule the world

|

domingo, setembro 04, 2005

Não é só a bola de futebol que rolando, traz glória à 12ª estrela da UE

|
Sim, porque os desportistas portugueses no estrangeiro não se destacam só porque marcaram um golo qualquer, numa divisão secundária do futebol suíço. Temos também malta que faz rolar pneus a uma velocidade não aconselhável a prática quotidiana nas nossas estradas, por esses circuitos e troços fora, na Europa e no mundo, que ainda vão levando alto o nome desta naçãozeca de meia-tigela. Foi o caso de Álvaro Parente, que se sagrou este fim-de-semana campeão inglês de Formula 3, uma das disciplinas mais importantes no caminho para a F1. E o campeonato inglês desta categoria já teve como campeões nomes como um tal de Ayrton Senna ou um finlandês chamado Mika Hakkinen!

A prova da liberdade de imprensa é...

|
.. a existência de espaços de opinião atribuiídos a estes Buíças invertidos, saudosistas do 24 de Abril. Tudo bem que o Soares não é a minha escolha, mas justificá-lo com razões de taxista que era fazendeiro no Humabo não o faço. É que nem de longe, ao contrário do senhor de óculos que escreveu o artigo que linkei.

sábado, setembro 03, 2005

Como matar o tempo com boa música

|

Enquanto não arranjo tempo/inspiração para postar mais cá no sítio, fica a letra da minha última grande descoberta musical retro, os Chameleons UK, a banda que me faltava no grande panteão indie dos anos 80. Leiam os versos desse grande tema que é o "Soul in Isolation", e toca a mexer esses eMules e Kazaas!!

Soul in isolation

I can hear you breathing down the hall

Soul in isolation

I can hear you whisper through the walls

And if i had a mind to now

I could call to you

Or i could simply shut you out

No more,would you cry,cry,cry

I give you my time to kill

But you'll never never break my will

Or i could sink a sleeping pill

And in the morning could be sleeping still

But,most of you are much to ill

Oh, way beyond a surgeons skill

In bondage to a dollar bill

What more can you buy,buy,buy

Oh when you think of it,when you think of it

We're all souls in isolation

Alive in here,im alive in hereI'm alive in here

Oh, when you think of ,when you think of it

Try here

A word in your ear

Go back to the trees

Big bad giant standing tall

Crushing all the creatures great and small

I'd like to see this giant fall

When will it come?

Words that rattle round my head

Struck like lightning,someone said

Diamond bullet,in the head

Right in the brain

Are they right in the brain?

Will i see the jailers face?

Did my mother lead my place?

Will i live to see his face?

Or will another come to take my place?

In total isolation

Surrounded by fears

Too many clowns ,too many tears

Isolation

Surrounded by crowds

In another world,head in the clouds!

I'm alive in here, i scream!

But you still can't hear

I'm alive, turn on the light

Oh when you think of it,when you think of it

We're all souls in isolation

Alive in here,im alive in here

I'm alive in here

Oh,when you think of it

Souls in isolation

We're always searching for something

Searching

Dear,dear,dead days i'm lo


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com